GESTÃO AMBIENTAL

Gestão Ambiental é um conjunto de ações realizadas em paralelo à execução de grandes empreendimentos. É constituída por programas voltados ao controle ambiental capazes de garantir medidas compensatórias aos impactos socioambientais oriundos de qualquer grande obra de infraestrutura.

No trecho da Estrada Boiadeira (BR 487/PR) entre Cruzeiro do Oeste e Tuneiras do Oeste, na região noroeste do Paraná, a Gestão Ambiental é desenvolvida a partir de três grandes pilares: Supervisão, Gerenciamento e execução de Programas Ambientais. Em função disso, entre as principais atribuições da Gestão Ambiental estão:

Avaliação e revisão de toda a documentação técnica e ambiental da obra para atender às exigências das licenças ambientais

Execução e supervisão de Programas Ambientais

 Apoio institucional ao Ministério Público, Defesa Civil, órgãos ambientais estaduais e outras partes interessadas

As atividades incluídas na supervisão e execução de programas ambientais na Estrada Boiadeira são:


SUPERVISÃO AMBIENTAL
Busca verificar o cumprimento dos conceitos ambientais estabelecidos no Plano de Controle Ambiental e no licenciamento ambiental. O objeto é direcionar as ações para que todos os programas ambientais e demandas integrantes sejam desenvolvidos em conformidade com o estabelecido nas condicionantes.


EXECUÇÃO AMBIENTAL
Formada pelos programas de Educação Ambiental e Comunicação Social. A seguir, há a descrição específica de cada um desses programas:

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL (PEA)
Visa contribuir na melhoria da qualidade de vida e na sustentabilidade a partir de estratégias de sensibilização, conscientização e incorporação de práticas de educação ambiental no cotidiano. Além disso, pretende fornecer subsídios teóricos e práticos aos públicos envolvidos com a obra, por meio de uma capacitação continuada cuja essência visa a promoção da cidadania ambiental, também chamada ecocidadania.

PROGRAMA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL (PCS)
Busca garantir e monitorar o acesso a informações e, além disso, prevê várias formas de comunicação com os atores envolvidos no processo, como empreendedor, executores da obra, administrações públicas de diversos níveis, comunidades, usuários e a população como um todo. Tem por finalidade apresentar as ações a serem realizadas por meio de um programa integrado de comunicação e responsabilidade social.

Gestão Ambiental na Boiadeira

Em cooperação com Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), a Universidade Federal do Paraná, por meio do Instituto Tecnológico de Transportes e Infraestrutura (UFPR/ITTI), foi responsável pela execução da Gestão Ambiental no Lote 02 da Estrada Boiadeira.

O trabalho foi realizado entre 2014 e julho de 2015 através do projeto "Estrada Boiadeira - Sonho que se realiza".