sexta-feira, 24 de julho de 2015

“Segurança” foi tema do último dia da Gincana Ecológica

Após várias atividades, a Gincana Ecológica promovida pelo Programa de Educação Ambiental (PEA) chegou ao fim. No Distrito de São Geraldo o encerramento foi feito no dia 18, no período da manhã. Já no Distrito de Nova Brasília a última atividade foi realizada no dia 19 e reuniu mais de 20 pessoas no salão paroquial.
Distrito de São Geraldo


A bióloga Camila Cantarelli tratou de um tema muito importante para os moradores do entorno da Estrada Boiadeira: segurança no trânsito.

Com a conclusão das obras no Lote 2, a tendência é que o fluxo de veículos aumente de forma considerável na região e, com isso, a vida dos moradores também será afetada. Por esse motivo Camila conversou com a comunidade sobre os cuidados que devem ser tomados com o aumento do movimento, entre eles atravessar a estrada somente onde há visibilidade, não deixar animais domésticos soltos na pista, sempre usar cinto de segurança, entre outras medidas.


Outro assunto abordado na atividade foi o atropelamento de animais silvestres na Boiadeira. A BR-487/PR passa ao lado da Reserva Biológica das Perobas, unidade de conservação que abriga vários bichos, alguns ameaçados de extinção.

A Gincana Ecológica foi realizada nos distritos de São Geraldo e Nova Brasília, município de Araruna, em três etapas. Foram abordados vários temas, como reaproveitamento de alimentos, lixo, queimada de restos, entre outros assuntos que fazem parte da rotina da comunidade.

“A gente não tinha muito conhecimento, ficava meio isolado. Com a Gincana a gente se reuniu, discutiu os assuntos e agora podemos até passar para frente os conhecimentos sobre lixo e queimada, por exemplo”, conta Luiz Baida, do Distrito de São Geraldo.

Distrito de Nova Brasília

 “A Gincana mudou nosso ponto de vista. Antes tinha muita queimada e agora já não tem na mesma quantidade, o lixo na rua também diminuiu. Eu mesma aprendi que tem muitos alimentos que dá para aproveitar em outras receitas”, ressalta Edna Lúcia, moradora de Nova Brasília.

A Gincana foi encerrada oficialmente com um jantar de confraternização.

Nenhum comentário:

Postar um comentário