segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Gavião-pato, mascote da Rebio das Perobas já tem nome: Perobinha

O Conselho Consultivo da Reserva Biológica das Perobas (CORPE), unidade de conservação localizada nos municípios de Tuneiras do Oeste e Cianorte, já tem um nome para a mascote da Reserva Biológica das Perobas (Rebio das Perobas): Perobinha.
A escolha foi feita por meio de um concurso, no qual os participantes poderiam votar entre: Apacanim, Penaco, Perobinha, Rebinho ou Spetu. O nome Perobinha foi o mais votado com 73,30% dos votos.




Mascote
A mascote foi escolhida em 2013 em um concurso promovido pela Rebio em parceria com o ITTI. Concorreram alunos do 6º ao 9º ano do ensino fundamental das escolas públicas de Tuneiras do Oeste, Cruzeiro do Oeste e Cianorte. 
O desenho vencedor foi do estudante Eduardo Ferrari Barrozo, ele foi escolhido por um júri composto por representantes do Núcleo Regional de Educação (NRE), ITTI, secretarias municipais de Educação da região e do CORPE. 
O desenho original foi encaminhado para o ITTI, onde os designers Cecília Yojo e Antonio Grisbach Jr. estilizaram a imagem e desenvolveram um manual de uso da imagem.
O Gavião- pato está em extinção no Paraná, sendo a ReBio um dos únicos locais no qual a ave pode ser vista.

Projeto Estrada Boiadeira – Sonho que se Realiza
Em parceria com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), o Instituto Tecnológico de Transportes e Infraestrutura da Universidade Federal do Paraná (UFPR/ITTI) é responsável pelo projeto “Estrada Boiadeira – Sonho que se Realiza” no trecho da BR-487/PR, entre os municípios de Cruzeiro do Oeste e Tuneiras do Oeste (Lote 3) e Tuneiras do Oeste e o distrito de Nova Brasília (Lote 2).
Além da supervisão e Gestão Ambiental da obra o projeto conta com o PEA (Programa de Educação Ambiental), que promove oficinas em Tuneiras do Oeste e Cruzeiro do Oeste para os trabalhadores da obra, e também de professores e da comunidade das cidades. A iniciativa é uma medida mitigadora dos impactos ambientais causados pela pavimentação da rodovia, uma das exigências do licenciamento ambiental expedido pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP).


Nenhum comentário:

Postar um comentário