segunda-feira, 12 de agosto de 2013

Gavião-pato é a nova mascote da Reserva Biológica das Perobas

Eduardo Ferrari Barrozo, de Tuneiras do Oeste, teve o desenho escolhido entre 18 finalistas

                              


O gavião-pato é o novo símbolo da Reserva Biológica das Perobas, em Tuneiras do Oeste. O animal foi escolhido como a nova mascote da reserva após um concurso que envolveu alunos do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental das escolas públicas de Tuneiras do Oeste, Cruzeiro do Oeste e Cianorte. O desenho vencedor é obra de Eduardo Ferrari Barrozo, estudante da Escola Estadual Duque de Caxias, de Tuneiras do Oeste.

Foram analisados desenhos de 18 finalistas de seis escolas. O segundo lugar foi o tamanduá-mirim, desenhado por João Paulo Alves da Silva, também da Escola Estadual Duque de Caxias. A gata-maracajá, de autoria de Estefanie Pereira Lobato, do Colégio Estadual Prof. Caio Moreira, de Cianorte, ficou em terceiro lugar. A iniciativa do concurso é da Reserva Biológica das Perobas.

O vencedor ganha uma visita à Reserva Biológica das Perobas e uma viagem de um dia ao Parque Nacional do Iguaçu, com translado de ida e volta, acompanhado por servidor da Rebio e um responsável, com data a ser definida entre os meses finais do ano de 2013 e iniciais de 2014. Os três primeiros colocados recebem certificado de participação.

Gavião-pato está ameaçado de extinção no Paraná

Vencedor do concurso - Gavião Pato - Eduardo Ferrari Barrozo
Para o chefe da Rebio das Perobas, Carlos Alberto Ferraresi De Giovanni, a escolha do gavião-pato é muito significativa, pois o único avistamento da ave no Paraná, em 40 anos, foi na Reserva Biológica das Perobas. De acordo com ele, o pesquisador Willian Menq fez o registro de um casal da espécie no local. “A presença de um animal como este, raro e ameaçado de extinção, em uma reserva nova em estruturação representa muito. Com certeza, a escolha da mascote foi bastante simbólica para a Rebio das Perobas”, afirma Carlos.

Para a designer Cecília Yojo, do Instituto Tecnológico de Transportes e Infraestrutura (UFPR/ITTI), que participou do júri representando o projeto “Estrada Boiadeira – Sonho que se Realiza”, o desenho escolhido reuniu elementos como simpatia e comunicabilidade, com potencial para chamar atenção para a importância da preservação da vida na reserva.


Segundo lugar - Tamanduá Mirim - João Paulo Alves

Terceiro lugar- Gato Maracajá - Estefanie  Lobato

Consulta na internet

Na pesquisa de opinião realizada pela Rebio das Perobas/ICMBio na internet, anterior à análise dos desenhos, o gavião-pato conquistou o segundo lugar. Feita em caráter consultivo, a votação colocou o morcego-ruivo como primeiro colocado. A onça-parda ficou em terceiro.

A escolha do desenho vencedor foi feita pelo júri formado por representantes do Conselho Consultivo da Rebio das Perobas (CORPE), Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Núcleo Regional de Educação de Cianorte, Instituto Tecnológico de Transportes e Infraestrutura (UFPR/ITTI) e secretarias municipais de Educação de Cianorte, Tuneiras do Oeste e Cruzeiro do Oeste.

Projeto Estrada Boiadeira – Sonho que se Realiza


O Instituto Tecnológico de Transportes e Infraestrutura da Universidade Federal do Paraná (UFPR/ITTI), em parceria com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), é responsável pelo projeto Estrada Boiadeira – Sonho que se Realiza no trecho da BR-487/PR, entre os municípios de Cruzeiro do Oeste e Tuneiras do Oeste. Além da supervisão e gestão ambiental da obra o projeto conta com o PEA (Programa de Educação Ambiental), que promove oficinas em Tuneiras do Oeste e Cruzeiro do Oeste para os trabalhadores da obra, e também de professores e da comunidade das cidades.

Caroline Passos
Assessoria de comunicação
ITTI - Instituto Tecnológico de Transporte e Infraestrutura
(41) 3226-6658 | comunicação@itti.org.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário